Skip to content

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Publication of ebook “Os Impactos Sociais da Covid-19 no Brasil: populações vulnerabilizadas e respostas à pandemia”

Refletir e agir sobre os efeitos de uma pandemia vai muito além do processo saúde e doença. No Brasil e em outros países, são várias as iniciativas encabeçadas por organizações, movimentos, instituições, acadêmicos, pesquisadores e especialistas das áreas de ciências sociais e humanidades que vêm analisando os fenômenos causados pela Covid-19 a partir de marcadores sociais diversos, como raça, gênero, classe social, sexualidade, territórios e dinâmicas social e econômica. É com esse intuito que o Observatório Covid-19 Fiocruz e a Editora Fiocruz lançaram o ebook “Os Impactos Sociais da Covid-19 no Brasil: populações vulnerabilizadas e respostas à pandemia, organizado pelos pesquisadores Gustavo Corrêa Matta, Sergio Rego, Ester Paiva Souto e Jean Segata. Em breve será lançada uma versão do ebook em inglês. Pesquisadoras do projeto Gênero e Covid-19 participaram da elaboração de dois capítulos deste livro que ressaltam a importância de uma perspectiva de gênero sobre os impactos sociais da pandemia.

O capítulo “Leituras de gênero sobre a Covid-19 no Brasil” apresenta um breve panorama de problemáticas centrais às análises de gênero que têm afetado a resposta e o impacto da pandemia no Brasil: 1) emergências sanitárias; 2) trabalho e renda; 3) enquadramentos sobre masculinidade, paternidade, cuidado, violência e comportamentos de risco; 4) repercussões sobre saúde sexual e reprodutiva, contracepção, planejamento reprodutivo e aborto legal, demandando reflexão sobre direitos e justiça reprodutiva e; 5) apontamentos para o futuro, ressaltando a importância de ativismos e lideranças comunitárias femininas no enfrentamento da pandemia.

O capítulo Narrativas sobre a Covid-19 na vida de mulheres quilombolas do Vale do Jequitinhonha: estratégias contracolonizadoras de luta e (re)existência faz uma crítica à negligência do governo em relação às populações quilombolas durante a pandemia e problematiza as desigualdades historicamente enfrentadas por mulheres quilombolas e realçadas nesse contexto, principalmente a questão da falta de água. Em parceria com mulheres quilombolas do Vale do Jequitinhonha foi construída uma narrativa coletiva sobre os impactos da Covid-19 em seu cotidiano no ano de 2020.

O capítulo 14, “Mulheres, violências, pandemia e as reações do estado Brazileiro”, apresenta dados secundários sobre os registros de violência contra as mulheres no Brasil ao longo da pandemia, comparando-os com os registros de 2019 e avalia as respostas do Estado Brazileiro ao problema, apresentamos dados inéditos sobre projetos de lei propostos na Câmara dos Deputados no período de março a outubro de 2020. A falta de políticas públicas centrais e organizadoras para a rede de atendimento às mulheres em situação de violência é problematizada e, por fim, são propostas ações e aprimoramentos em um contexto de pós-pandemia.

English version:

Reflecting and acting on the effects of a pandemic goes far beyond the health and disease process. In Brazil and other countries, there are several initiatives headed by organizations, movements, institutions, academics, researchers and specialists in the areas of social sciences and humanities who have been analyzing the phenomena caused by Covid-19 from different social markers, such as race, gender, social class, sexuality, territories and social and economic dynamics. It is with this in mind that the Observatório Covid-19 Fiocruz and Editora Fiocruz launched the ebook “The Social Impacts of Covid-19 in Brazil: vulnerable populations and responses to the pandemic, organized by researchers Gustavo Corrêa Matta, Sergio Rego, Ester Paiva Souto and Jean Segata. An English version of the ebook will be released soon. Researchers from the Gender and Covid-19 project participated in the elaboration of two chapters of this book that address the importance of a gender perspective on the social impacts of the pandemic.

The chapter “Gender readings on Covid-19 in Brazilpresents a brief overview of gendered central issues that have affected the response and impact of the pandemic in Brazil: 1) health emergencies; 2) work and income; 3) frameworks on masculinity, paternity, care, violence and risk behaviors; 4) repercussions on sexual and reproductive health, contraception, reproductive planning and legal abortion, demanding reflection on reproductive rights and justice; 5) notes for the future, highlighting the importance of women’s activism and community leadership in confronting the pandemic.

The chapter “Narratives about Covid-19 in the lives of quilombola women in the Jequitinhonha Valley: countercolonizing strategies for struggle and (re)existence” criticizes government’s negligence towards quilombola populations during the pandemic and problematizes the inequalities historically faced by quilombola women that weew highlighted in this context, mainly the issue of lack of water. In partnership with quilombola women from Jequitinhonha Valley, a rural region, a collective narrative was built on the impacts of Covid-19 on their daily lives in 2020.

Chapter 14, “Women, Violence, Pandemic and Brazilian State Reactions”, presents secondary data on the records of violence against women in Brazil throughout the pandemic, comparing them with the 2019 records and evaluates the responses of the Brazilian State to the problem, with unprecedented data on bills proposed in the Chamber of Deputies from March to October 2020. The lack of public policies for centralizing and organizing the service network for women in situations of violence is criticized and, finally, proposals of actions and improvements in a post-pandemic context are discussed. 

MATTA, G.C., REGO, S., SOUTO, E.P., and SEGATA, J., eds. Os impactos sociais da Covid-19 no Brasil: populações vulnerabilizadas e respostas à pandemia [online]. Rio de Janeiro: Observatório Covid 19; Editora FIOCRUZ, 2021, 221 p. Informação para ação na Covid-19 series. ISBN: 978-65-5708-032-0. https://doi.org/10.7476/9786557080320.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

TwitterWhatsAppFacebookEmail